terça-feira, 21 de julho de 2015

Férias na Comporta - Porque ir?

Uma vez que estamos a entrar no pico da silly season, vou falar sobre a Comporta, destino o qual reservamos sempre uma semana para as férias.
Este ano fomos muito cedo, em meados de Junho, e ao contrário do habitual, não tivemos grande sorte com o tempo. De qualquer das formas, vale sempre a pena ir até lá uns dias.
A Comporta fica muito próximo de Tróia, Setúbal, Grandola, Alcácer do Sal, e não é mais que uma aldeia tranquila, limpa, cheia de ninhos de elegantes cegonhas, tratores que passam pelas pequenas ruas da aldeia e se misturam com o perfume dos protectores solares e as roupas boho chic de todos os que lá passam uns dias.
Há vários restaurantes onde se assam sardinhas; há o Eucalipto (o café mais famoso da aldeia, onde se tomam pequenos almoços deliciosos, sumos de fruta naturais para todos os gostos, torradas naquele pao fantastico... Fazem sandes, hambúrgueres, tem sempre sopa, e uns docinhos deliciosos - é uma esplanada convidativa em volta de um enorme eucalipto); há a Mercearia Gomes, uma casa azul e branco com portas castanhas de vai e vem - lá dentro temos de tudo, até os produtos do Club del Gourmet do El Corte Inglês; tem lojas como a Bazar do Chiado By Comporta da blogger A Pipoca mais Doce, a Lavanda.
Depois vem a parte das praias. A praia da Comporta é a mais conhecida, a que atrai mais gente, estando localizado na mesma o famoso Comporta Café. É muito giro ao nível da decoração, sem dúvida que sim, mas está longe de ser o meu preferido, além de que no pico do verão tem milhões de pessoas e eu gosto de alguma tranquilidade e acima de tudo, qualidade! A cerca de 13km da Aldeia situa-se a minha praia favorita, talvez uma das mais paradisíacas que temos: o Pego. Linda, de areia fina, um mar fabuloso, uma limpeza, e ainda o recentemente elegido como melhor bar de praia do Mundo pela revista Condé Nast Travel: Restaurante Sal, do qual já vos falei aqui.
Há a Adega da Herdade da Comporta, a qual pode ser visitada, e desde já adianto que tem vinhos extraordinários. Vale a pena comprar uma caixa para nos lembrarmos das férias no decorrer do ano.
Quanto a alojamento, a nossa opção é sempre pelo Aldeamento Turístico Casas da Comporta. muito bem localizado tendo acesso à aldeia, o aldeamento tem casas de diversas tipologias, muito espaço verde, um parque infantil, piscinas grande e pequena, e um mini mercado com tudo o que for necessário ter em casa. Dá imenso jeito, principalmente no que diz respeito ao pequeno almoço, uma vez que se pedirmos o pão que queremos fazem a encomenda para a manhã seguinte. Costumamos optar por uma casa V1 com jardim, é sempre mais agradável quer para nós, quer para a piquena :) Problemas: não ter Wi-Fi, só na zona da recepção, e as TV's terem apenas os 4 canais, ou seja, para quem tem crianças, esqueçam lá o Panda, Disney, and so on.
Ponto menos bom da Comporta: os mosquitos! Assim que se põe o sol, cerca das 21h/ 21:30, estes bichos atacam. Por isso o que fazemos é sair para jantar com os repelentes em roll on, Previpiq para nós, Chicco para a T, e levamos 2 ezalos para colocar nas tomadas da casa, que embora tenham redes mosquiteiras por todas as janelas/ varandas, não custa nada levar reforço ;)
Resumindo, a Comporta não é para se passar numa hora e ficar tudo visto; a Comporta é para ser desfrutada diariamente, com toda a sua calma, sua beleza, seu sossego.
Ficam algumas fotos.
Enjoy ;)